carreira Tecnologia

Vale a pena mudar para a área de TI?

Eu tive uma matéria de programação na faculdade. Eu odiei. Não achava o tema da aula interessante e não via como aquilo iria me ajudar na minha carreira.

Eu tive uma matéria de programação na faculdade. Eu odiei. Não achava o tema da aula interessante e não via como aquilo iria me ajudar na minha carreira. Queria seguir para a área comercial.

Hoje após alguns anos explorando diversas áreas como vendas e marketing encontrei minha casa na área de dados (ou Analytics). Foi uma transição que levou algum tempo, mas se pagou ­– e muito – nestes últimos anos. Hoje trabalho com o que amo, moro no exterior e tenho amigos e conexões pelo mundo todo.

Vale lembrar que existem diversas áreas dentro do mercado de TI e é um mercado que cresceu mesmo em plena crise de 2020. E o mais importante é no final do dia você estar trabalhando em algo que te faça feliz.

Um outro ponto que gosto de ressaltar é que conheço jornalistas e advogados que se tornaram “engenheiros” de software.

O ponto mais importante para se levar em conta na hora de avaliar a mudança para área de TI é o gosto por tecnologia e computadores.

Se você ama tecnologia, está sempre conectado, e tem interesse em construir coisas digitalmente, talvez esta área seja para você.

Vantagens de se mudar para área de TI

Trabalhar remotamente de qualquer parte do mundo é uma das muitas vantagens de se trabalhar com tecnologia. Foto por Anton Shuvalov.
Trabalhar remotamente de qualquer parte do mundo é uma das muitas vantagens de se trabalhar com tecnologia. Foto por Anton Shuvalov.

Mesmo se você tenha feito faculdade na área técnica, a mudança pode ser brusca pois o jeito de pensar e trabalhar com programação é diferente do que aprendemos na escola. Máquinas são bem burrinhas e não entendem qualquer coisa que você digita nelas.

Logo, temos que avaliar se as vantagens da mudança estão alinhadas com seus interesses.

O que eu mais vejo como vantagens ao se trabalhar na carreira de TI são:

Alta demanda do mercado

Você ganha o super poder de não ficar desempregado pelo menos nos próximos 5-10 anos. De acordo com uma pesquisa realizada pelo governo dos EUA, a demanda por engenheiras de software tende a crescer 22% entre 2019 e 2029.

Em um mercado em que empresas como a Nubank estão comprando outras apenas para ter seus desenvolvedores, vagas é o que não faltam permitindo flexibilidade de localização (caso queira se mudar de cidade), salários (mudando de setor) e rotina (trabalhos mais flexível).

Internacionalização

Se você ainda não fala inglês, basta aprender e poderá ter acesso ao mercado internacional de trabalho.

Caso possua interesse em morar fora – o que é uma ótima ferramenta para se proteger de crises – existe uma facilidade maior em contratar funcionários de TI. E isso ocorre por duas razões: alta demanda (países desenvolvidos possuem mais vagas que funcionários nestas áreas) e facilidade de medir a habilidade. Afinal, linguagens de programação não mudam de país para país.

Reputação aberta

Sua reputação é aberta e função dos seus projetos que podem ser ou não relacionados com seu trabalho te permitindo trabalhar como freelancer para aumentar sua renda (e sua reputação).

Ao contrário do mundo comercial, o nicho não é pequeno e suas opções de trabalho crescem exponencialmente com sua reputação. Através de sites como Kaggle (Ciência de Dados), GitHub (código aberto) e Stack Overflow (Fórum de desenvolvedores) você pode criar sua reputação, encontrar pessoas e montar times para participar de projetos e competições (também chamadas de Hackathons).

Conheço diversos desenvolvedores que se tornaram consultores freelance dada a demanda pelos seus conhecimentos.

Funcionários de alto valor

Pessoas de TI são peças fundamentais em empresas que usam tecnologia.

Lembrando que se você trabalha em uma empresa sentado na frente de um computador, sua empresa usa tecnologia.

Ao agregar mais valor através dos ganhos de eficiência gerados por software, desenvolvedores e funcionários de TI se tornam peças-chaves na empresa o que os permite maior estabilidade de emprego e opção de causar mais impacto.

Especialmente se você possui boas habilidades de comunicação – as famosas soft-skills.

Como mudar de área?

Já falei sobre vários detalhes sobre como migrar para esta área. Porém acredito que existam 3 pontos importantes a se ressaltar:

Você já possui boa parte das habilidades necessárias

Funcionários de TI precisam das mesmas habilidades que quaisquer outros bons funcionários como comunicação, criatividade, responsabilidade e ética. Programação é apenas mais uma ferramenta.

TI = (Front end, Back end, UX design, Product Owner, Data Scientist…)

TI não é só ficar programando em uma tela preta.
TI não é só ficar programando em uma tela preta. Foto por William Iven.

TI é uma área gigantesca: desde pessoas que passam o dia todo em frente a uma tela preta até pessoas que criam visualizações incríveis como o jornalista de dados David McCandless e designers que pensam na experiência dos usuários. Portanto, existem rotinas para todos os gostos.

Não é só pelo dinheiro

Mudar de área apenas pelo salário pode te levar para uma carreira frustrante. E os desafios enfrentados pelas pessoas que trabalham com tecnologia são tão complexos quanto advogados ou médicos, já imaginou trabalhar num hospital tendo medo de sangue?

Trabalhar com TI sem gostar de T e I (Tecnologia e novas Informações) pode não ser uma boa escolha.

Conclusão

Mudar é sempre difícil, mas a nova direção pode te levar para uma viagem incrível.
Mudar é sempre difícil, mas a nova direção pode te levar para uma viagem incrível. Foto por Javier Allegue Barros.

Tecnologia está em alta. Pessoas estão cada vez mais conectadas e Inteligência Artificial, Realidade Virtual e Apps vieram para ficar.

Pessoas que trabalham com TI estão literalmente mudando o mundo com suas ferramentas que possuem a capacidade de atingir uma escala gigantesca onde milhões e milhões de pessoas podem se beneficiar de suas poucas linhas de código.

A alta demanda e falta de pessoas na área devido a diversos fatores está freando esta evolução no Brasil. Empresas estão aumentando ofertas salariais e tentando atrair mais pessoas para trabalhar na área.

Isto gera um efeito negativo onde pessoas estão tentando entrar na área pela ganância de um salário maior.

Por outro lado, essa alta procura gera um efeito positivo muito maior onde pessoas que sempre gostaram da área e admiram empresas como Netflix, Riot, Google e Adobe, porém não se achavam “capazes” de trabalhar com desenvolvimento estão à procura de fontes de informação.

Não importa se você é formado em jornalismo, direito, engenharia ou se não possui formação alguma, para conseguir migrar para a área de TI basta possuir um mindset de crescimento, querer aprender habilidades novas e ter a vontade de interagir com pessoas de uma área diferente. Sem preconceitos tanto com as pessoas ao seu redor como consigo mesmo.

Caso tenha uma afinidade com Excel e se interesse não só por programação, mas por números e dados, te convido a procurar mais sobre a profissão de analista de dados.

0 comentário em “Vale a pena mudar para a área de TI?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: